fbpx

INSTITUCIONAL: Inaugurada a Sala de Sessões das Câmaras Regionais Previdenciárias da SJMG

INSTITUCIONAL: Inaugurada a Sala de Sessões das Câmaras Regionais Previdenciárias da SJMG: No dia 19 de julho, foi inaugurada a Sala das Sessões das Câmaras Regionais Previdenciárias da Seção Judiciária de Minas Gerais (SJMG) “Ministro Sebastião Alves dos Reis”. A solenidade homenageou o saudoso ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), um dos pioneiros da Justiça Federal de Minas Gerais.

O então juiz federal Sebastião Alves dos Reis fez parte da Comissão de Instalação da Justiça Federal mineira – presidida pelo juiz federal José Pereira de Paiva –, da qual também participaram os juízes federais Antônio Fernando Pinheiro, Carlos Mário da Silva Velloso, João Peixoto de Toledo e Gilberto de Oliveira Lomônaco.

Sala De Sessoes Camaras Regionais Previdenciarias Sjmg

Sala De Sessoes Camaras Regionais Previdenciarias Sjmg

Inaugurada a Sala das Sessões das Câmaras Regionais Previdenciárias da SJMG – “Ministro Sebastião Alves dos Reis”

O evento, realizado na sede da Seccional mineira, contou com a presença do presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), desembargador federal Carlos Moreira Alves, que compôs a mesa da cerimônia juntamente com o diretor do foro da SJMG, juiz federal André Prado de Vasconcelos;

O ministro do Superior Tribunal de Justiça Sebastião Alves dos Reis Júnior; a secretária-geral do Conselho da Justiça Federal, juíza federal Simone dos Santos Lemos Fernandes; o juiz federal em auxílio à Corregedoria-Geral da Justiça Federal da 1ª Região juiz federal Evaldo de Oliveira Fernandes, filho e a juíza federal Sônia Diniz Viana.

Solenidade

A solenidade teve início com o descerramento da placa inaugural da Sala das Sessões das Câmaras Regionais Previdenciárias da SJMG “Ministro Sebastião Alves dos Reis” realizado pelos integrantes da mesa.

Em seu discurso, a juíza federal Sônia Diniz lembrou passagens da vida profissional e pessoal do ministro homenageado e compartilhou histórias e impressões sobre os múltiplos papéis desempenhados por ele:

Professor, juiz federal, ministro do STJ, pai e marido querido.

“Um homem de cultura rara, mas simples, extremamente simples, de passos lentos, caminhava com os braços cruzados nas costas, era de uma gentileza extrema”, recordou a juíza Sônia Diniz.

O ministro do STJ Sebastião Reis Júnior, ao iniciar seu discurso, mencionou um relato descrito no livro do advogado e ex-deputado estadual Genival Tourinho:

“Em seu livro, conta um fato muito interessante. No fim dos anos 1960 e início dos anos 1970 meu pai tinha dado uma decisão e determinado um cumprimento. O responsável pelo cumprimento era um general – isso naqueles anos – que se recusava a cumprir a ordem. O doutor Genival foi ao Fórum, bateu à porta do gabinete do meu pai e pediu providências naquele sentido, e a resposta do meu pai foi: ‘eu perco o cargo, mas não perco a honra’ e determinou imediatamente a prisão daquele general”, lembrou.

Com demonstração de muita alegria pela homenagem à memória de seu pai, o ministro Sebastião dos Reis Júnior destacou que:

“É muito prazeroso para todos nós, falo em nome de toda a família, falo em nome dele, falo em nome da minha mãe, esta homenagem. É uma coisa que nos toca demais, nos toca muito, e eu, sem falsa modéstia, acho que ele merece realmente, ele foi um juiz diferenciado, ele foi um juiz como diz a acepção da palavra, aquela pessoa justa, aquela pessoa integra, respeitosa”.

O desembargador Carlos Eduardo Moreira Alves recordou que no começo da sua carreira jurídica, quando era procurador da República, teve a oportunidade de conhecer o ministro Sebastião Reis no extinto Tribunal Federal de Recursos (TFR).

“O que realmente me cativou foi a generosidade com que ele transmitia seus conhecimentos, como ele eventualmente nos corrigia nas impropriedades que então cometíamos no nosso início de caminhada”, destacou o presidente do TRF1.

Com informações da Secos/SJMG.

Assessoria de Comunicação Social
Tribunal Regional Federal da 1ª Região

Fonte: Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP)

Como você avalia este artigo?

Clique em 5 para 5 estrelas

Média do Artigo / 5. Contagem de Votos:

Pedimos desculpas, vamos melhorar.

Ajude-nos a melhorar nosso Artigo

Compartilhe:

Voltar

 



Recentes na Mídia


Especialidades

Desenvolvido por In Company - Monitorado IT9 SEO Marketing Digital