24 de Janeiro – Dia Do Aposentado

()

24 de Janeiro – Dia Do Aposentado: Após anos de dedicação e muito trabalho, o dia de hoje é mais do que necessário! Parabéns por todo o esforço e obrigado por ter ajudado no desenvolvimento do nosso país! 24 de Janeiro, Dia Nacional do Aposentado!

24 de Janeiro – Dia Do Aposentado

Adriane Bramante Aposentado

Homenagem ao Aposentado

Todo 24 de janeiro, é comemorado o dia nacional do aposentado. A data é um marco na história da previdência social do Brasil, pois é uma homenagem à greve dos trabalhadores das estradas de ferro de 1906.

O direito à aposentadoria só foi conquistado no nosso país após anos e anos de luta, mas, dentre os inúmeros acontecimentos, esta greve é um dos que mais se destacam. Os trabalhadores protestavam, dentre outras coisas, pelo retorno da carga horária de 10 horas por dia, 6 dias por semana – a carga tinha sido recentemente aumentada; e contra o desconto de 30% do salário para uma aposentadoria privada obrigatória, cujos cálculos eram motivo de desconfiança entre os funcionários.

Trabalhadores Mortos

Os conflitos violentos com a polícia deixaram ao menos dois trabalhadores mortos. Nos seus 15 dias de duração, a greve se alastrou pelo país e vários outros setores aderiram em solidariedade. Após as manifestações iniciais, a greve voltou a ocorrer em 1907, em 1917 e em 1919.

Como consequência dela e de outras manifestações sociais, em 24 de janeiro de 1923 o advogado e deputado federal Eloy Chaves apresentou o primeiro projeto de Previdência Social do Brasil, acabando com as previdências privadas obrigatórias e garantindo o direito à aposentadoria.

Em homenagem a esse direito histórico conquistado com muita luta; e aos atuais aposentados brasileiros, essa semana faremos uma série de publicações sobre aposentadoria, saúde, qualidade de vida e direitos. Como primeira publicação, trouxemos uma crônica do escritor paranaense Domingos Pellegrini:

“Desaposentar”. Este também é o nome de um movimento de aposentados criado pelo ex-empresário e atual aposentado Armelino Girardi, que visa melhorar a qualidade de vida dos aposentados.

Para ele:

“…não existe período mais enriquecedor, salutar, fértil, livre e cheio de prosperidade do que o de aposentado. Não estou me referindo apenas ao fato de se poder desfrutar a vida em sua plenitude, fazendo aquela viagem dos sonhos, lendo os livros acumulados na prateleira ou acompanhando o crescimento dos netos. Estou me referindo a novos sonhos e horizontes.

Com a bagagem acumulada, aliada à experiência, maturidade e sabedoria, o indivíduo torna-se ainda mais apto a dar sua contribuição à sociedade, além de poder fazer uma análise mais equilibrada sobre seus valores, conceitos e metas de vida.

Não se trata de voltar a ser o executivo ou o profissional que já foi no passado.

O objetivo não é apregoar que as pessoas devam trabalhar como alucinadas pelo resto das suas vidas, mas, sim, a não tratar o ócio como um ícone de desocupação, inclusive e, principalmente, da mente. Existe um segundo tempo da vida, que deve ser enfrentado de forma inteligente, caso contrário, os exemplos mostram que há uma forte tendência a ocuparmos a mente com ideias que não contribuem para o futuro”.

Adriane Bramante Advogados Associados agradece a todos aqueles que concluíram sua tarefas com excelência.

Como você avalia este artigo?

Clique em 5 para 5 estrelas

Média do Artigo / 5. Contagem de Votos:

Estamos Analisando os votos

Pedimos desculpas, vamos melhorar.

Ajude-nos a melhorar nosso Artigo

Diga-nos o que não gostou.

Como você avalia este artigo?

Clique em 5 para 5 estrelas

Média do Artigo / 5. Contagem de Votos:

Estamos Analisando os votos

Pedimos desculpas, vamos melhorar.

Ajude-nos a melhorar nosso Artigo

Diga-nos o que não gostou.

Compartilhe:

Voltar

 



Recentes na Mídia


Especialidades

Desenvolvido por In Company - Monitorado IT9 SEO Marketing Digital