Viúvos e herdeiros devem sacar atrasados antigos

Pensionistas e herdeiros de segurados que processaram o INSS correm o risco de perder uma grana para o governo. Um projeto já aprovado pela Câmara vai permitir à União pegar de volta os atrasados pagos na Justiça há mais de dois anos e que ainda não foram resgatados.

Esses valores já estão depositados em contas judiciais, na Caixa ou no Banco do Brasil, à espera do saque. Mas muita gente não sabe que tem direito à bolada.

“Há muitos casos em que a pessoa morre e os parentes desconhecem que havia uma ação contra o INSS” explica a advogada Adriane Bramante, vice-presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário (IBDP).

Viúvos, viúvas e outros parentes de beneficiários que podem ter direito à bolada precisam procurar a justiça para reclamar os valores.
O principal meio de descobrir se um beneficiário tem algo a receber no Judiciário é por meio da consulta à Justiça Federal. Mas também há processos em varas estaduais.

Se o valor cobrado na ação contra o INSS é superior a 60 salários mínimos (R$56,220, hoje), nesse caso a dívida é chamada de precatório, é obrigatório que exista um advogado responsável pelo processo. “O caminho mais fácil para o herdeiro encontrar um precatório é procurar um advogado do segurado”, orienta Adriane.

Outro caminho, segundo a especialista, é consulta ao Banco do Brasil e à Caixa. “Com documentos pessoais e a certidão de óbito do segurado, o herdeiro pode perguntar ao banco se há depósito judicial”, ensina.

O saque será autorizado após a habilitação do herdeiro na vara ou juizado onde a ação foi iniciada e o pagamento do atrasado autorizado. A certidão de óbito será exigida pela Justiça.

No caso de atrasados do INSS, pensionistas tem prioridade sobre outros herdeiros.

Fonte: Jornal Agora São Paulo

Como você avalia este artigo?

Clique em 5 para 5 estrelas

Média do Artigo / 5. Contagem de Votos:

Pedimos desculpas, vamos melhorar.

Ajude-nos a melhorar nosso Artigo

Compartilhe:

Voltar

 



Recentes na Mídia


Especialidades

Desenvolvido por In Company - Monitorado IT9 SEO Marketing Digital