Segurados enfrentam longas filas para receber benefícios

A partir de hoje, médicos peritos no INSS voltam a trabalhar após mais de quatro meses de greve. A paralisação mais longa da categoria causou inúmeros prejuízos. Segundo o INSS, um milhão  trezentas mil perícias deixaram de ser feitas desde 4 de setembro. Muitos segurados estão sem receber os benefícios. O tempo médio de espera para o agendamento passou de 20 para 80 dias. A apresentadora Fabiana Panachão conversou com a advogada Adriane Bramante, ela é vice presidente do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário que explicou sobre os direitos dos beneficiários e da crise enfrentada pelo INSS.

Confira a entrevista clicando aqui.

Fonte: BandNews

0/5 (0 Reviews)
Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compartilhe:

Voltar

 

Desenvolvido por In Company - Monitorado IT9 SEO Marketing Digital